Entrevista com Eiichiro Oda de 2007 para a Shonen Jump (SJ)

Conheça o verdadeiro Rei dos Piratas!

Entrevista com o autor feita pela US Weekly Shounen Jump

SJ: Se você desse ao Luffy um presente, qual seria?

Oda: Carne. Ele provavelmente não ficaria feliz com outra coisa.

SJ: E o que você acha que Luffy te daria?

Oda: Acho que ele daria um pedaço dessa carne de volta (risos).

SJ: Piratas parecem ser um fenômeno global na internet, nos filmes hollywoodianos, nos videogames. Você percebeu que esses aventureiros do mar seriam tão populares em 1997, quando One Piece foi publicado pela primeira vez?

Oda: Eu não diria que eu percebi, mas eu já sabia que todo mundo amava piratas. Eu gostaria de ler (um mangá) sobre eles quando eu era criança, mas não existia nenhum, e eu fiquei pensando no porquê. Eu desenhei um tipo de mangá que eu gostaria de ler, acreditando que todo mundo naturalmente amava piratas também.

SJ: One Piece é uma história incrível, repleta de personagens exuberantes e reviravoltas inesperadas. Quanto tempo você tinha pensado nessa aventura antes de tê-la criado?

Oda: Hmmm… eu era um estudante do Fundamental… então aproximadamente 7 anos antes. Eu disse para mim, “Se eu fizer um mangá seriado, ele terá que ser um mangá sobre piratas!”

SJ: Você já esteve em um navio pirata de verdade?

Oda: Não, não em um navio pirata, mas eu já estive em um veleiro. Eu sei que eles não são fáceis de navegar na vida real, mas eu sei desenhá-los facilmente como se eles estivessem no mangá (risos).

SJ: Você sofre de enjôo do mar?

Oda: Não, não mesmo.

SJ: O que você acha sobre navegar?

Oda: Precisa de trabalho árduo para navegar em um barco. Todo mundo a bordo tem que fazer a sua parte, como puxar as cordas e tudo mais, ou então o barco não se moverá. Então, não são muito realísticos aqueles momentos de descontração que são demonstrados em One Piece.

SJ: Você gosta de navegar?

Oda: Eu amo navegar! Eu gostaria de poder navegar por aí… (risos)

SJ: Você é responsável pelo mangá sobre piratas mais bem-sucedido já criado! A pressão do sucesso já te deixou maluco?

Oda: Não, eu não sinto essa pressão. Eu só desenho o que eu realmente quero desenhar, ao invés de sentir a pressão e abrir mão disso. As pessoas gostaram do que eu já desenhei.

SJ: Você já cantou alguma vez músicas piratas quando você estava em casa sozinho e ninguém estava vendo?

Oda: Eu não conheço nenhuma música pirata. Eu cantaria se soubesse.

SJ: Se você pudesse trocar de lugar com um dos seus personagens por um dia, com quem seria? E por quê?

Oda: Seria com o Luffy, é claro. Eu queria ao menos uma vez poder me esticar que nem ele.

SJ: E quem você gostaria para ser seu irmão ou irmã?

Oda: Usopp seria o mais engraçado para passar o tempo juntos. Eu acho que nos daríamos bem.

SJ: Os fãs americanos amam o Chopper. Como lhe apareceu essa ideia e como foi para criá-lo?

Oda: Eu queria algo como um mascote – e eu não considero isso algo negativo. Eu não queria apenas um mascote fofinho, eu queria que ele fosse destemido. Chopper parece fofo externamente, mas ele é forte por dentro. Foi assim que eu o criei.

SJ: Luffy parece dormir bastante em um dia normal, quando ele não está comendo ou se divertindo com o seu bando. Sobre o que ele sonha? Seria sobre comida? Ou sobre se tornar o Rei dos Piratas?

Oda: Ele sonharia sobre algo engraçado, em qualquer caso. Talvez ele sonhe sobre comida na maior parte do tempo.

SJ: Que tipo de comida?

Oda: Provavelmente, carne, já que ele come um monte. (risos)

SJ: Você tem alguma mensagem para os leitores, como aqueles que querem crescer e virar piratas na vida real?

Oda: Bem, é legal se aventurar pelo mar, mas eu não quero que eles façam pirataria (risos). Bem, talvez buscar tesouros seja aceitável, mas… Eu os pediria que crescessem e virassem pessoas honestas que fossem admiradas pelos outros!


Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*