Kuma recebeu a operação da imortalidade da Ope Ope no Mi?

Já se perguntaram como pode o Kuma ter superado tantas mudanças em seu corpo e ainda continuar vivo? Não foram somente mudanças corporais, como Franky, mas ele também perdeu sua memória e personalidade. Ele deixou de ser quem é. Com base nisso, eu bolei uma teoria sobre o passado de Kuma! Vamos lá!

RELAÇÃO COM O SÉCULO PERDIDO

Há muito tempo atrás, um grande reino que dominava os oceanos do mundo todo, entrou em conflito com outros vinte reinos que tinham medo do que essa civilização podia fazer. Este conflito ocasionou uma grande guerra e, infelizmente, este reino pereceu. Mas, antes de cair e sabendo que perderiam, o rei daquela antiga civilização fez um último pedido para um grande amigo. Sabendo de sua força, o rei pediu para que este amigo protegesse toda a história daquele reino incluindo seus feitos. Tudo fora escrito, cuidadosamente, em pedras onde não poderiam ser apagadas, chamadas de Poneglyphs, e sua junção formavam o Rio Poneglyph. Este amigo ficou encarregado de proteger essas pedras para seu antigo rei.

cdlqfll

Vendo o final da guerra, os outros vinte reis viram que destruir o reino e suas forças simplesmente não adiantariam. Era necessário destruir TODA A SUA HISTÓRIA. Sabendo das pedras, eles então começaram a procura-las incansavelmente e, como era de se esperar, eles acharam. O protetor dos Poneglyphs viu que era o momento de agir e então usou sua habilidade para dispersa-las por todo o mundo, mandando-as para os reinos aliados de seu antigo rei para que as protegessem para as próximas gerações. Quem era este grande amigo e protetor? Sim, Bartholomew Kuma em pessoa. E isso só possível graças a sua habilidade da Nikyu Nikyu no Mi (fruta da pata, paramecia).

Kuma sabia que não as poderia proteger para sempre, mas fez o que pode para mantê-las o mais seguro possível. O que ele não podia esperar é que nem todo o reino havia caído ainda e apenas mais uma pessoa estava viva, alguém que possuía um grande poder. Sabendo que havia perdido a guerra, este alguém ofereceu para Kuma algo que ele não poderia nem imaginar, algo que o permitiria proteger as pedras para sempre. O que foi oferecido? A imortalidade da Ope Ope no Mi, consequentemente, matando o usuário. E com isso, Kuma sumiu. Se escondeu durante séculos fazendo o que podia para cumprir sua promessa e o fez muito bem.

Acaba aí? Eu podia ter simplesmente teorizado essa história toda com base no antigo usuário da Nikyu Nikyu no Mi, mas decidi fazer com que esta pessoa fosse o Kuma em pessoa. Por quê? Vamos a segunda parte…

O ENCONTRO COM DRAGON

Após séculos escondido, Kuma, em uma visita ao Reino de Goa, no East Blue, conheceu um jovem que possuía um nome que lhe trazia muita saudade… Um D. como há muito ele não via mais. Este jovem chamava-se Monkey D. Dragon e sua ambição era fugir daquele lugar e fazer o que pudesse para destruir o que havia de podre lá, o Governo Mundial e Mariejois. Kuma se interessou no menino e decidiu ajuda-lo, pois sabia que um D. podia fazer coisas grandes, assim como seus antigos amigos do reino antigo.

avua3kw

Kuma criou o jovem Dragon e o treinou com o que sabia, seus conhecimentos tanto em história quanto em batalha, e com isso eles formaram uma organização chamada “Os Revolucionários”, conseguindo diversos outros aliados no decorrer de suas missões. Alguns destes aliados foi Ivankov, Inazuma e Crocodile. A organização criou força e conhecimento, assim como Kuma tornou-se o braço direito de Dragon.

Foi então que o líder dos revolucionários pensou em um plano. Um grande plano. Neste plano envolveria um hiatos para a organização e o Kuma infiltrando-se na marinha (assim como Vergo se infiltrou no G5 a mando de Doflamingo). Durante um tempo, eles se distanciaram e Kuma criou nome da marinha e Dragon partiu para sua terra natal, no East Blue, estudar sobre o reino onde passou sua infância, para talvez iniciar um grande ataque. Foi então que Dragon conheceu uma mulher aleatória e teve um filho.

Enquanto isso, Kuma ainda infiltrado, foi descoberto passando informações para Dragon e não deu outra, ele foi preso e torturado. Com sua habilidade, não demorou muito para que fugisse e se reagrupasse com os revolucionários. Porém, agora algo havia dado errado e o governo sabia sobre a verdadeira origem de Kuma. Logo na sequência, o grupo dos revolucionários sofreram um grande ataque que terminou drasticamente. Fontes da marinha descobriram sobre o filho do líder e o sequestraram.

Sem saber o que fazer, Dragon contou para Kuma sobre Luffy, o único que sabia sobre a existência dessa criança, e então Kuma pensou em uma forma de ajuda-lo. Tudo que o governo queria era o braço direito de Dragon, então ele decide se entregar em troca do resgate do pequeno bebê que agora havia ficado nas mãos de seu avô, Monkey D. Garp. Dragon inicialmente não gostou, mas não pode recusar… Sabia que Luffy estaria seguro agora.

Agora, Kuma como prisioneiro, foi submetido há diversos testes pelo Governo Mundial. Um de seus principais cientistas havia criado um projeto que revolucionaria qualquer guerra e precisava de uma cobaia. Em um trato com o governo, Vegapunk iniciou testes em Kuma para transformá-lo num ciborgue e estava funcionando. Foi aí que os grandes nomes do governo pensaram em uma forma de apagar toda sua memória, o que seria conveniente para eles. A experiência de Vegapunk poderia fazer isso, mas exigiria tempo. Todos eles sabiam que Kuma não podia morrer, e enfim começaram a construção do primeiro protótipo da série PX.

Enquanto as experiências demoravam, Kuma uniu-se aos Shichibukais, servindo como frente de batalha para futuros conflitos e como fonte de informações para o governo sobre os Yonkous que navegavam pelo Novo Mundo, porém Kuma nunca deixou de admirar Dragon e o seu potencial, então sabia que ele estaria seguro, assim como sua promessa com os Poneglyphs. Anos mais tarde, Kuma pode conhecer Monkey D. Luffy pessoalmente em Thriller Bark e viu este mesmo potencial no Chapéu de Palha.

Com isso, finalmente a experiência teve seu desfecho. Kuma agora tornou-se um ciborgue por completo, sem personalidade e nem memória com apenas uma única missão: esperar o primeiro chapéu de palha chegar ao Sunny após o reencontro dois anos depois da cronologia inicial da série. Após isso, Kuma tornou-se apenas uma máquina de batalha como explica Doflamingo para Ivankov em Marineford. “O verdadeiro Kuma está morto.”.

E com isso minha teoria se encerra. O que acham? Plausível? Comenta aí! 😉


1 Trackback / Pingback

  1. O que esperar do encontro de Luffy e Dragon? – One Piece World

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*