Quem será o próximo Chapéu de Palha?

Se existe uma grande expectativa em One Piece, com certeza é saber quem será o próximo membro a se tornar companheiro de Luffy em sua jornada para se tornar o Rei dos Piratas. Entre aqueles que preferem o Caesar, entre aqueles que preferem a Carrot, existe também aqueles que odeiam o Jimbei. Mas com todas as opções disponíveis definitivamente não é apenas com carisma que um personagem se destaca na série, precisamos pensar o que este candidato faria para agregar ao resto do bando e não acabar sendo um peso morto para o seu capitão. E, com base nessa ideia, vamos descobrir que existem mais candidatos do que vocês pensam!

Vamos começar com a certeza que muitos não querem aceitar: Jimbei. Após o Mestre do Karatê Tritão oferecer sua vida para ajudar Luffy no resgate sem sucesso de Portgas D. Ace, não há como ele não ter ganhado nosso respeito. Além de ser diretamente ligado ao passado de Nami, sendo o responsável por liberar Arlong no East Blue, o homem-peixe também tem um passado cheio de marcas pesadas que equipara ele com os outros personagens do bando. O fato é que Jimbei já aceitou o pedido de Luffy após os acontecimentos no arco da Ilha dos Tritões e, como ele mesmo disse, precisava apenas de um tempo para acertar algumas coisas e, enfim, se reencontrar com Luffy para seguir jornada como um Chapéu de Palha. Há àqueles que ainda não acreditam que ele entrará no bando, mas não há como negar: o convite de Luffy para Jimbei foi o mais bonito de toda a série e uma recusa depois de já ter aceitado seria como atacar pedra na cruz.

E qual seria sua função no bando? Meio que simples, Jimbei é um Tritão muito forte, mestre no Karatê de sua espécie e muito centrado quando necessário. Ele seria o responsável por manter Luffy ciente dos acontecimentos globais, assim como teria uma melhor cabeça para dizer o que seu capitão deve ou não fazer mesmo sabendo que as decisões do Luffy são imutáveis (também dividindo a função de educar o Chapéu de Palha com a Nami). Seu viés cômico se daria pelo fato dele ser um homem-peixe gordo com o “Luffy-kun” mais chato já pronunciado, mas já querido por muitos.

Continuando a lista, vamos para Caesar! Ah, o Caesar… Um dos vilões mais recentes que tem acompanhado o bando nesta grande saga da Aliança Pirata. Além de ser o pilar dos planos das maiores mentes do Novo Mundo, Caesar se mostrou cômico e de uma personalidade mais maleável que o esperado (muito parecido com o que Franky e Bonclay foram quando fizeram suas aparições). A participação do cientista é controversa no fandom de One Piece (eu particularmente odeio ele, fato) mas não nego o fato de que uma ajuda do personagem seria muito bem vinda no clímax deste arco da Big Mom, como no desfecho da batalha contra Kaidou. Não sabemos sobre seu passado, mas podemos afirmar que vai ser triste (como todos os passados que Oda desenvolve), sendo ele sempre o número 2 em questão de inteligência (perdendo para Vegapunk) e seu complexo de inferioridade. Mas existe o outro lado da moeda: um cientista no bando seria bem vindo, mas desnecessário visto que os mistérios de One Piece se baseiam em arqueologia (função da nossa linda Nico Robin); seus talentos de medicina não podem contrastar com os de Chopper (que são visivelmente superiores) além de possuir uma personalidade duvidosa desaprovada por todos os membros do bando.

Mas, um fator positivo: sabemos que seu poder vem de um fruto logia e o bando de Luffy ficaria muito bem com um usuário deste tipo para completar em sua diversidade. Ele também entraria mais na parte cômica, juntando-se ao medrosos Nami, Brook, Chopper e Usopp.

Agora a queridinha galera: Carrot! A Mink que mal conhecemos e já consideramos pacas! De personalidade forte e extremamente engraçada, Carrot já demonstrou ser muito poderosa e fiel, muito amiga e dedicada com seus objetivos. O problema é que eu não consigo imaginar ela com um passado triste (requisito necessário para ser um Chapéu de Palha), visto que ela é nova (talvez tão nova quanto Chopper), que nunca viu a vida além do elefante milenar e que em sua primeira vez partiu numa jornada no grande oceano de One Piece. Ela sempre foi super protegida na cidade natal dos Minks e, caso Oda abra uma exceção em seu padrão de “criar passados que quebram nossos corações”, quem sabe poderemos ver ela viajando com Luffy até o final da história. Ah não ser também que Oda tenha colocado ela neste arco da Big Mom por outra razão do qual ainda nos surpreenderemos. O legal é que, assim como Jimbei, Carrot tem sua própria raça. Seria incrível ver o bando com essa variedade de espécies e ela já possui o fator comédia incluso no seu DNA. Talvez fosse um problema ela ser um animal assim como o Chopper, mas sinceramente eu não ligaria.

E tirando esses 3, gostaria de citar mais alguns nomes que entre lidas de teorias, eu vejo uma certa esperança de entrarem para o bando dos Chapéus de Palha. Vamos lá!

Primeiramente, gostaria de dizer que eu gostaria muito que um gigante assumisse um posto dentro do bando. Ainda vamos conhecer a tão esperada ilha de Elbaf, da qual já conhecemos grandes nomes que vieram de lá que Luffy já fez amizade, já se aliou e Usopp os considera pacas. É perfeitamente viável que um gigante decida seguir viagem no Sunny se baseando na ideia da diversidade de raças que já comentei neste texto além de ser um provável candidato para enfrentar Sanjuan Wolf na batalha final contra o Barba Negra (o gigante do bando do Yonkou). Seria incrível, não acham?

Continuando: Enel. Sabemos o quão cruel ele foi como vilão em Skypiea, mas podemos dar um crédito especial para o personagem por visar algo muito maior, um objetivo que, como todos do bando, ele batalhou para ir atrás e foi: chegou à lua. Seus conhecimentos sobre o mundo de One Piece chegaram a mais de 8 mil e além de possuir um dos maiores poderes da série que Luffy só ganhou por ter sorte de ser seu inimigo natural. Dizer que Enel não entraria somente dizendo que ele fez muitos Skypieans sofrer, é o mesmo que dizer que Robin não entraria no bando por ter feito muita gente em Alabasta sofrer estando ao lado de Sir Crocodile. Enfim, a possibilidade existe e isso é inegável.

E pra fechar: Tashigi. Sim, a fiel escudeira de Smoker. A ideia dela entrar para o bando me surgiu após o pós arco de Punk Hazard, na qual ela preferiu pisar no seu orgulho de marinheira para agradecer de todo o coração o que o bando de Luffy fez pelas crianças enclausuradas naquele lugar. Ela anda cada vez mais desgostosa com as atitudes da marinha (assim como o próprio Smoker) e acredito que algum grande acontecimento futuro fará com que ela mude de lado (se não uma pirata, talvez uma revolucionária) e eu ainda arrisco a dizer que este acontecimento culminaria com a morte de seu mentor (quero abordar uma teoria sobre a morte do Smoker em breve). Além que sua rivalidade com Zoro seria engraçadíssimo de ver, com sua semelhança com a Kuina, e de ser um crush quase estabelecido pelo autor. Ver como Sanji reagiria com a queda de Tashigi pelo Zoro me faria chorar de rir horrores. Ela também fecharia o trio de espadachins do bando.

E é isso. Se você acredita que mais alguém poderia vir a assumir um espaço no Thousand Sunny, comenta aí. Adoraria saber a reação de vocês! 😉


4 Comments

  1. Tirando o Enel (que na minha opinião nada tem a ver com o Bando, nem teria carisma para estar lá), todos os outros são excelentes apostas. Não sei se a tashigi entraria para o bando, mas está nítido que eles sairão da Marinha principalmente após a saída do Aokiji. Eles seguem uma linha mais leal ao povo do que a Marinha assim como ele (Aokiji).

  2. Na minha modesta opinião. É bem possível que Tashigi-san venha se tornar uma companheira dos Chapéus de Palha, mas não tenho tanta certeza.
    Caesar-san, aparenta não ser um companheiro fiel, mas de muita personalidade e que teria uma função no bando dos Chapéus de Palha. Muitos acreditam que ele será o próximo Mugiwara, outros acreditam na possibilidade da Carrot-san(Cenoura) entrar para o bando.
    Jinbei-san, ele será o próximo Mugiwara-senpai, todos sabemos disso. No entanto, vai demorar um pouco. Também á uma possibilidade de alguém entrar no bando primeiro que o Jinbei-san, como também terá uma função no bando dos Chapéus de Palha.
    Os Chapéus de Palha precisam de mais tripulantes, para poder continuar andando no Novo Mundo. Não será só um a entrar para o bando. Entrara no máximo uns 3(mas não de uma vez) no Arco da Big Mon. Preparem-se, entrara um companheiro que ninguém gosta dele, sim, o Caesar Clown.

    • Acho que a entrada do Jinbei é inevitável. Luffy pediu e ele falou que ia quando resolvesse suas pendências. Também acredito que o Caesar possa ingressar no bando além do Jinbei. Luffy não liga para o passado dos companheiros (vide Nico Robin).

  3. Obviamente, o Jinbe é inevitável de entrar pro bando. Acabando essa saga da Big mom, ele entra, já que ele aceitou e provavelmente seus assuntos ja estarão acabados. Eu amaria de coração o Caesar entrar pro bando. Acho ele foda demais, sem contar que ele seria bom em batalhas. entretanto, não consigo achar um motivo concreto de ele entrar pro bando. Quase ninguém do bando gosta dele por suas atitudes, e além do mais, no que ele seria útil pro bando? ta certo que ele é um cientista com uma inteligencia muito útil, mas no que ele poderia fazer? eu realmente não sei. Enquanto ao Enel, hum…muito improvável. Não vejo motivos pro Luffy chama-lo e muito menos para que Enel se interesse. E mais uma vez, o que ele fazeria no bando? eis a questão. A Carrot seria uma boa. Até algora ela seria boa de entrar, e seus argumentos para ela entrar me convenceu. Mas pelo menos se Caesar e Jinbe entrarem, seria muito bom, na minha opinião. E sobre a Tashigi, ela seria muito útil no bando, e também é bem possível que ela entre. Mas difícil de acreditar também…

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*